Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘aves’

Memórias Ancestrais – Animais Selvagens que não esquecem –

gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 5199

A natureza dotou estas magnificas aves, à imagem e semelhança das restantes criaturas do mundo animal, de um um instinto capaz de superar a existência do indivíduo. Esta gaivota, ainda que em cativeiro, repete os gestos dos seus ancestrais, tentando repetidas vezes lançar o bivalve contra as rochas, para alcançar mais uma refeição. Esta memória que persiste é deveras notável. De geração em geração propaga nos genes uma sabedoria antiga, agora retratada nesta série de fotos. Esta amiga reside no Oceanário de Lisboa e é, de facto, uma ilustre representante dos oceanos. Espero que as fotos e retratos que se seguem sejam do vosso agrado. Que esta pequena galeria de fotos, ainda que por breves instantes, seja o refugio de todos quantos amam a natureza. Grato pela vossa visita, comentários e partilha.

gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 2877gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 3767gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 4567gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 6843gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 6799gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 7773gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 8883gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 9883gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 9984gaivota | aves em cativeiro - mundoanimal - 7705

___________________________________________

Não deixe de ver as últimas novidades no AnimaisFotos

Novidades - Animais Fotos | Mundo Animal | Animais Selvagens

AlfonsoPaz,

[Foto Mundo Animal | Fotos de Animais Selvagens]

Anúncios

Read Full Post »

Pinguim Saltador-da-Rocha

Aves Aquáticas no Foto Mundo Animal

.

Pinguim Saltador da Rocha Fotos de Animais Selvagens -1967

Pinguim Saltador-da-Rocha - Foto Animal-1967

Pinguim Saltador-da-Rocha. Encontrei-o no Oceanário de Lisboa junto ao Pinguim de Magalhães. O seu nome não é um acaso ou uma graçola, é até muito sugestivo. Os locais escolhidos para nidificarem impõe-lhes um esforço notável na subida\descida das escarpas rochosas, de difícil acesso à água, de difícil acesso aos berços das suas crias. Nada de machões por aqui! É a fêmea que parte para a caça, ficando o macho encarregue de garantir o bem estar e protecção da cria, nos primeiros tempos de vida. Só quando o pequenote cresce e se torna capaz de ficar sozinho é que vai para a creche. Ou será jardim de infância?!  <<Difícil? Difícil é não encontrar semelhança neste comportamento social com a nossa própria existência enquanto seres humanos…>> Em “passo acelerado”, porque no mundo selvagem não há tempo a perder, em dois meses e meio, o jovem pinguim já acompanha os progenitores em brincadeiras e tropelias dentro de água.  É a vida a recriar a vida, no gesto e no fulgor.

Neste dia, a visita ao Oceanário de Lisboa transformou uma brincadeira com as fotos do mundo animal em algo mais… Numa vontade de partilhar as imagens de tão patusca criatura aquática. Numa vontade de partilhar esta visão dos animais selvagens, que me assalta vezes sem conta, nas fotografias que faço.

Pinguim Saltador-da-Rocha Fotos de Animais Selvagens -2254

Pinguim Saltador-da-Rocha - Foto Animal- 2254

Pinguim saltador-da-rocha Fotos de Animais Selvagens -3554

Pinguim Saltador-da-Rocha - Foto Animal - 3554

Pinguim saltadordarocha Painel de Fotos de Animais Selvagens -A

Pinguim Saltador-da-Rocha - Painel Foto Animal - A

Pinguim saltadordarocha Painel de Fotos de Animais Selvagens -B

Pinguim Saltador-da-Rocha - Painel Foto Animal - B

Na Fábrica da Vida, a massa etérea é moldada à imagem e semelhança da criatura que irá habitar. Dócil, afável, brincalhona, bela e vistosa, esta criatura, deixa adivinhar o cuidado e os intentos do criador. Na Fábrica da Vida, não há eleitos nem preferidos, não há presas nem predadores. Depois de muito amassar, em gestos meigos mas decididos, este plasma primordial, é por vezes dividido, repartido ou aninhado em pequenos flocos de espessura nem sempre mensurável. Como pirilampos dentro de um frasco de vidro, na noite escura, aguardam o tempo (quantas vezes esquecido) da materialização na forma e cores da sua predilecção. Na Fábrica da Vida, rua três da terra dos sonhos, não há milagres nem premunições, não há catástrofes nem desilusões. É lá que é devolvido o brilho a todas as criaturas que de luz se adornam. Conto-vos mais quando lá voltar…

AlfonsoPaz

Fotografia Animal e a Conservação, Preservação e Protecção da vida animal selvagem.

[Animais Fotos | Mundo Animal | Animais Selvagens]

Read Full Post »

%d bloggers like this: